O saneamento básico é um direito garantido a todos os brasileiros pela Constituição, definido pela Lei nº 11.445/2007. Mesmo assim, segundo números do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS), divulgados em 2020 e referentes a 2018, quase 100 milhões de brasileiros não têm acesso ao esgotamento sanitário e quase 35 milhões não têm acesso à água tratada.
O estudo elaborado pelo Instituto Trata Brasil analisa a evolução do saneamento entre 2004 e 2016 no país, focando nos reflexos gerados sobre a economia e fazendo uma projeção dos benefícios sociais e econômicos para a população a partir da universalização do saneamento no longo prazo.

Autor: Instituto Trata Brasil

Benefícios Econômicos e Sociais da Expansão do Saneamento no Brasil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.