UM RETRATO DA DOAÇÃO NO BRASIL

UM RETRATO DA DOAÇÃO NO BRASIL

Nesse artigo, é possível ver um estudo do comportamento do brasileiro a respeito de doações, voluntariados e engajamento cívico. Ao longo do artigo, é possível ver números que variam, alguns não são positivos. Porém, no início de 2019, foi aprovada

A DISTÂNCIA QUE NOS UNE: UM RETRATO DAS DESIGUALDADES BRASILEIRAS

A DISTÂNCIA QUE NOS UNE: UM RETRATO DAS DESIGUALDADES BRASILEIRAS

O cenário de desigualdade no Brasil é um tema que precisa ser discutido com urgência e seriedade, para que possamos fornecer os direitos básicos de sobrevivência para toda a população através de novas políticas públicas. O relatório criado pela Oxfam tem o objetivo de descrever alguns dos principais temas que precisam ser inclusos no debate da desigualdade, para que a distância social entre os mais ricos e mais pobres no Brasil, que é uma das piores em todo mundo, possa diminuir, e assim chegaremos mais perto de habitar um país justo.

DIVERSIDADE E DISCRIMINAÇÃO NO AMBIENTE DE TRABALHO

DIVERSIDADE E DISCRIMINAÇÃO NO AMBIENTE DE TRABALHO

O tema da diversidade ganha cada vez mais destaque entre as rodas de conversa informais e conquista sua relevância no ambiente de trabalho. Por conta disso, foi realizada uma pesquisa pela VAGAS e Talento Incluir para entender quais são os principais pontos a se considerar sobre o tema, e como podemos melhorar enquanto sociedade para avançar no caminho da desconstrução e maior empatia em ambientes corporativos.

TEMPO DE CUIDAR: O trabalho de cuidado não remunerado e mal pago e a crise global da desigualdade

TEMPO DE CUIDAR: O trabalho de cuidado não remunerado e mal pago e a crise global da desigualdade

A desigualdade social sofrida em diferentes escalas ao redor do mundo é responsável por desamparar milhões de pessoas, em especial mulheres que realizam o trabalho não remunerado de cuidar dos seus lares e movimentam 10,8 trilhões de dólares por ano. O artigo permite medir detalhadamente as injustiças que formam o abismo social sofrido por, principalmente, regiões africanas e da América Latina. Além disso, fornece um olhar sobre quais são as particularidades de raça, gênero e sexualidade que influenciam poucos a permanecer no topo da pirâmide econômica enquanto aniquila tantos outros indivíduos.